Quarta-feira, 19 de Fevereiro de 2020
Fique de Olho

BRB inova e lança programa de crédito digital em apoio ao microempreendedor

Acreditar oferecerá até R$ 15 milhões, que beneficiarão 10 mil famílias. As taxas são baixas, com condições especiais, e a contratação será ágil

Publicada em 23/01/20 às 09:54h

por Via Agência Brasília


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: REPRODUÇÃO)

Para apoiar o microempreendedor, reduzir barreiras no acesso ao crédito e alavancar o desenvolvimento no Distrito Federal, o Banco de Brasília lançou nesta quarta-feira (22) o Acreditar, programa de Microcrédito Produtivo Orientado (MPO). 

O produto nasce com a menor taxa do mercado, condições especiais e contratação ágil e digital. O Banco vai disponibilizar até R$ 15 milhões para o programa, que pretende beneficiar aproximadamente 10 mil famílias.

Por meio de um APP, o Acreditar – disponível nas lojas IOS e Android -, empreendedores (pessoas físicas e jurídicas, em especial os que estão à margem do sistema financeiro tradicional) podem ter acesso ao plano.

As taxas serão a partir de 1,85% ao mês e prazo de 24 meses para pagamento. O crédito ofertado vai variar entre R$ 300 a R$ 15 mil reais.

“É um programa de oportunidades. Ele atinge exatamente quem está na base: o microempreendedor. E dá resultado, o BRB vai entrar diretamente na casa daquelas famílias que querem voltar a trabalhar”, definiu o governador Ibaneis Rocha durante a cerimônia desta quarta-feira (22).

“Como banco público, temos o compromisso de transformar a vida das pessoas, de ser protagonista do desenvolvimento econômico social e humano no Distrito Federal. O Acreditar é mais um importante passo para poder fazer a diferença na vida dos brasilienses”, afirma o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa. 

Ele explica que a entidade financeira procurou formatar um produto digital e ágil, reduzindo a burocracia e o prazo de contratação. “A ideia é que o cliente só vá a agência uma única vez, para assinar o contrato. O pré-castrado, a simulação do crédito, as condições e o envio das informações e documentos estarão disponíveis por meio do aplicativo”, acrescenta Paulo Henrique Costa. O prazo para a liberação do crédito é de sete dias.

Na busca para atrair os microempreendedores, agentes de crédito também vão realizar visitas à comunidade para identificar empreendimentos que possam fazer parte do Acreditar. O projeto vai contar com parceria das secretarias da Mulher, da Agricultura, de Juventude, de Trabalho e Emater.

“Aquela costureira que quer comprar uma máquina e recomeçar um negócio esse microcrédito é de suma importância. Realmente importante para quem quer  ter oportunidade na vida”, acrescentou Ibaneis Rocha.

Para solicitar adesão ao Acreditar é preciso ser maior de idade, ter pelo menos seis meses na atividade produtiva e faturamento anual de até R$ 200 mil, entre outras condições.

Com informações do BRB




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (61)9 9968-8707

Visitas: 374720
Usuários Online: 52
Copyright (c) 2020 - Blog do Ribamar do Recanto - A Noticia Sem Fronteiras - Anuncie Conosco.